Pensamento da Novena 11-07-2018

0

Intenção Geral: “Com Nossa Senhora, aprender a ser Sal da Terra e Luz do Mundo”

Hoje estamos na segunda semana desta série de novenas rezando para, “com Nossa Senhora aprender a ser sal da terra e luz do mundo”. Quem disse essa frase foi Jesus: “Vós sois o sal da terra. Se o sal se tornar insosso com que salgaremos? Não servirá para mais nada, a não ser para ser jogado fora”. (Mt. 5,13). Mas o que é o sal? Qual a sua importância? Porque Jesus fez essa comparação?

O sal é composto de várias moléculas, minerais, e pode ser extraído das profundezas dos oceanos. Um grande segredo dos mares é: de onde vem a sua salinidade. Na época de Jesus o sal era fundamental para conservar os alimentos. Quando peixes eram transportados por centenas de quilômetros, eles tinham que ser abundantemente salgados. Jesus sabia dessa importância. Por outro lado é o sal que tempera os alimentos. Um alimento sem tempero não tem gosto, não tem sabor, não tem graça, é insosso. “Temperar” também quer dizer ser justo: nem sal demais, nem sal de menos.  Isso significa equilíbrio, bom senso, prudência, sabedoria, serenidade.

A sua casa, o seu trabalho, a sociedade, a família, devem ser espaços onde os outros gostem de conviver com você. Deve ser saboroso estar ao seu lado. Seja sal, não seja insosso. É Jesus que pede isso de você. Seja aquele que conserva as coisas boas e dá sabor nas relações. Peça a Nossa Senhora que ela ajude você nesta nobre missão de ser sal da terra. Rogai por nós, santa Mãe de Deus…